sexta-feira, 15 de abril de 2011

O Globo - Rio

OSB: músicos demitidos elaboram contraproposta

Grupo diz estar insatizfeito com acordo
sugerido pela fundação


Catharina Wrede
(O Globo - Rio 15/04/2011)

Os 33 músicos demitidos da Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) por não terem comparecido às avaliações de desenpenho criadas pelo maestro Roberto Minczuk, elaboraram ontem uma contraproposta ao acordo sugerido pela Fundação OSB em reunião na última sexta-feira. O encontro, proposto pela instituição, tinha o intuito de abrir espaço para uma negociação entre as duas partes.

Déborah Cheyn, presidente do Sindicato dos Músicos do Rio de Janeiro e uma das musicistas demitidas por justa causa pela OSB, não quis revelar o conteúdo da contraproposta, mas explicou que ela é mais "abrangente" que a oferecida pela administração da orquestra.
  - Além disso, ela é melhor estruturada, mais clara e objetiva - defene Déborah.

De acordo com ela, a nova proposta foi enviada por e-mail ao presidente da Fundação OSB, Eleazar de Carvalho, com cópia para todos os membros do conselho curador.
Na última sexta-feira, a fundação propôs, segundo Déborah, a readmissão dos 33 músicos demitidos, com a condição de converter a justa causa em uma suspensão de três dias, além de Minczuk continuar no posto de regente titular e diretor artístico, e novas avaliações serem discutidas para junho.

A Fundação OSB tem reunião interna marcada para segunda-feira e deve debater as reinvidicações dos músicos