quarta-feira, 6 de abril de 2011



O maestro atravessou . . .

"A grande reflexão era:
"A OSB não tem outra saída,
senão demitir o maestro Roberto Minczuk"..."


O assunto dos músicos da Orquestra Sinfônica Brasileira pega fogo. No mundo erudito não tem outro papo. Até na missa de comemoração, ontem, dos 75 anos do Conservatório Brasileiro de Música, a diretora, Cecília Conde, também conselheira da OSB, tomou posição: "Todo nosso apoio aos músicos da Orquestra Sinfônica Brasileira neste momento", ela disse. Depois, todos seguiram para a comemoração na Confeitaria Colombo, onde o assunto foi o mesmo...

"E consta que Cecília Conde chegou a comentar:
"Nós não formamos músicos para isso"


Uns diziam que nenhuma orquestra do mundo, jamais, em tempo algum, submeteu seus músicos a uma avaliação nos moldes que o maestro quer fazer. Outro disse que é impossível um maestro desconhecer as características e peculiaridades de seus músicos. E consta que Cecília Conde chegou a comentar: "Nós não formamos músicos para isso". A grande reflexão era: "A OSB não tem outra saída, senão demitir o maestro Roberto Minczuk"...


Sem Comentários »