domingo, 22 de maio de 2011

 
São Paulo, sábado, 21 de maio de 2011 
Mônica Bergamo
 
PLANTÃO MÉDICO

A OSB (Orquestra Sinfônica Brasileira) foi inabilitada pelo Ministério da Cultura por não ter apresentado a prestação de contas de um de seus projetos apoiados com recursos da Lei Rouanet. A medida proibiu a fundação de apresentar novos pedidos de incentivo na pasta e "congelou" aqueles que já tramitavam no MinC.

ESTICA E PUXA
A sanção foi aplicada no dia 20 de abril, quando venceu o prazo, que já havia sido prorrogado, para a prestação de contas de cerca de R$ 20 milhões captados para financiar atividades da orquestra entre 2009 e 2010. O MinC comunicou a fundação e deu mais 20 dias para a apresentação dos documentos. A OSB diz que está dentro desse prazo e promete regularizar a situação nos próximos dias.