terça-feira, 27 de novembro de 2012

Carta ao Presidente do Conselho Curador da FOSB

Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2012

Prezado Dr. Eleazar de Carvalho Filho,
Presidente do Conselho Curador da Orquestra Sinfônica Brasileira

                               O inegável sucesso da Temporada de estreia da “OSB Ópera & Repertório” foi resultado da eficiente parceria que se estabeleceu, no decorrer de 2012, entre os integrantes do novo corpo orquestral e a Direção Artística da FOSB. Esse bom entendimento, alicerçado no sentimento comum de prestigiar a entidade que representamos, deu ensejo às incontáveis manifestações do público que, habitualmente, lotou nossas plateias, bem como da crítica especializada.
                                Nesse contexto e sempre com a participação em nossas reuniões do Sr. Ricardo Levisky, há cerca de dois meses,  músicos e diretores artísticos estão empenhados na elaboração do repertório que irá compor a próxima Temporada da “O&R”, adequado às finalidades da Orquestra  e ao elenco de artistas que a integrará a partir de 2013. Nossa expectativa seria entregar ao Sr. Levisky o resultado desse trabalho conjunto, na reunião agendada para o próximo dia 29, com a participação de todo o corpo orquestral.   
                              No entanto, no decorrer da semana passada, fomos todos surpreendidos com a notícia do desligamento do Diretor Fernando Bicudo, idealizador principal e responsável direto pelo sucesso da Série Lírica 2012, “sensação da Temporada Clássica deste ano”, entre outros elogios publicados nos diversos órgãos de Imprensa. No entendimento da Comissão de Músicos da “O&R”, a Série Lírica 2013 fica seriamente comprometida sem a participação desse Diretor, que já cuidava dos detalhes finais relacionados a títulos e artistas envolvidos nos respectivos eventos.  
                             Pelo exposto, em nome dos músicos que integram a “OSB Ópera & Repertório” e com a pretensão de também estar transmitindo o desejo de todos os que prestigiaram e desfrutaram dos nossos concertos, sirvo-me da presente mensagem para solicitar, respeitosamente, que V.Sa. reconsidere a demissão do profissional que entendemos ser imprescindível na função que ocupa atualmente.
                           

Cordialmente,

Ernesto Ribeiro Gonçalves
Presidente da Comissão de Músicos da OSB O&R