sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Revista CONCERTO


OSB anuncia cinco séries de
concertos de suas duas orquestras

Orquestra Sinfônica Brasileira e OSB Ópera & Repertório terão cinco séries de assinaturas no Teatro Municipal do Rio de Janeiro; OSB segue com série na Sala São Paulo

A Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira (Fundação OSB) terá cinco séries de assinaturas no Teatro Municipal do Rio de Janeiro neste ano: três da Orquestra Sinfônica Brasileira (Ametista, Turmalina e Topázio) e duas da OSB Ópera & Repertório (Ônix e Ágata). A Orquestra Sinfônica Brasileira também continua com a série Safira, na Sala São Paulo, totalizando 24 concertos na nova temporada.
     A Orquestra paralela OSB Ópera & Repertório (OSB O&R) foi formada em 2011 como solução da crise que se instalara na fundação por conta de um projeto de renovação proposto pela direção artística. Naquela ocasião, o maestro Roberto Minczuc, que promovia o novo projeto, acabou destituido da direção artística da Fundação OSB - Minczuk segue regente titular da OSB.

     Atualmente, a Orquestra Sinfônica Brasileira é composta por 71 músicos e a OSB O&R, que não trabalha com Roberto Minczuk, por 36. A programação da OSB está sendo elaborada pelo diretor artístico Pablo Castellar junto com o maestro Roberto Minczuk e com a comissão artística. Na OSB O&R, Pablo Castellar continua à frente da elaboração da temporada de câmara e de óperas. A partir deste ano, Castellar passará a contar com o apoio do diretor cênico André Heller Lopes, novo coordenador de elenco das óperas da OSB Ópera & Repertório.
     As vendas de assinaturas começam no dia 5 de fevereiro. Outras duas apresentações especiais da Orquestra Sinfônica Brasileira já estão confirmadas: na abertura oficial da Cidade das Artes e no Rock in Rio 2013.